Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2019

She is Dead - Forget Our Dreams

Imagem
Este trio de Curitiba faz uma sonoridade que mistura elementos do Rock, Punk Rock e Power Pop. Criada em 2015, a formação da banda é: Mau Carlakoski (guitarra/voz), Kim Tonieto (baixo/voz) e Ricky Volpato (bateria). Suas músicas são bem curtas e já foram lançados dois EPs: “Living in My Hate” e “Forget Our Dreams”. O material que aqui estamos analisando possui 4 ótimas composições em que os maiores destaques são os intensos e fortes riffs de guitarra. Além disso, o ouvinte irá apreciar a cozinha instrumental que é habilidosa e irá curtir músicas com bastante energia. O trabalho abre com “Stay Away”, música que rendeu um clipe simples e bem bacana; “Story of Lies” possui um refrão pegajoso e divertido; “Forget Our Dreams” começa lentona e mais suave, mas logo depois já toma um rumo mais pesado; “I Wanna Live So High”, a última composição, tem um riff pesadão e mais agressivo. Ao final fica aquele gosto de quero ouvir de novo. E é exatamente isso que a gente faz. Se você curte sons com …

The Nightstalker - A Journey in Hell

Imagem
O THE NIGHTSTALKER é uma One Man Band da Bélgica que faz um som que mescla elementos do Black, Gothic e Atmospheric Metal. Formada em 2013 e tendo como mentor o cantor e instrumentista Serpent (baixista/vocal do SERCATI), este projeto aparece com seu quarto Full. “A Journey in Hell” foi lançado em 2017, é um trampo muito bem executado e que traz 11 excelentes composições que devem agradar aos fãs do Metal. Tudo aqui flui muito bem: riffs consistentes, solos bons, vocalizações guturais que contrastam com outras mais limpas, melodia, melancolia, peso, equilíbrio no uso dos teclados, agressividade. É um trabalho grandioso, feito para emocionar e impressionar. E Serpent consegue isso. Faixas que mais nos chamam a atenção: “Departure”, excelente abertura repleta de angústia; “The Children of the Devil”, composição misteriosa e triste; “Cerberus” com seus riffs fortes e intensos; “The Pursuer is Near”, a música mais pesada e rápida da obra; “Back Again” com sua alternância de ritmos; “Waiti…

Dr. Faustroll - D4T4

Imagem
Outra One Man Band surgindo para enriquecer as fileiras do mundo do Rock. Desta vez estamos diante de um projeto de SP liderado por Biaggio Vescio, uma mente ousada e criativa que apostou em uma sonoridade bem diferente. O DR. FAUSTROLL possui influência de trilhas sonoras de filmes de terror dos anos 80 com pitadas de Sludge Metal e Surf Music. Isso faz com que tenhamos acesso a composições recheadas de clima misterioso com trechos mais pesados. Não há vocais e nada soa extremo, mas é perturbador, soturno e sinistro durante quase o tempo todo. Formado em 2013 e lançando um primeiro EP neste mesmo ano, Biaggio interrompeu as atividades por um longo período. “D4T4” é o segundo EP do projeto e foi lançado no fim de novembro de 2019. As 4 composições da obra são bastante intrigantes e interessantes, mas os destaques vão para “La Morte Di Un Minorenne Su Internet” (há trechos com guitarras pesadíssimas) e “Waves of D4T4”. Se você gosta de bandas e projetos inovadores e não se preocupa nec…

The Melties - Hit Me

Imagem
É impressionante o quanto as bandas de Rock contemporâneas têm, de forma geral, se destacado no universo musical. Às vezes até nem soam completamente diferentes do que temos ouvido por aí, mas ainda que seguindo uma fórmula existente, elas conseguem imprimir uma personalidade bastante marcante no trabalho que executam. O THE MELTIES, quarteto de SP, se enquadra nesta categoria. Um Rock com trechos pesados, cheio de fúria e energia, mas com doses de melodia e uma pegada alternativa que resultam em um som delicioso.
“Hit Me” é o primeiro Full desta banda que é composta por dois homens e duas mulheres. Em suas letras abordam política, religião e também esperança. O álbum é composto por 10 músicas cheias de inspiração e trazendo um som com muita qualidade e que tem como destaque os riffs vigorosos e as vocalizações femininas que são afinadas, harmoniosas, mas também carregadas da força e potência do bom e velho Rock. 
Seguem os destaques musicais da obra: “Hit Me”, a faixa título, é curti…

Genius of Sugarcane - Preludes From New Times

Imagem
Diretamente de Nova Venécia, interior do Espírito Santo, surge o GENIUS OF SUGARCANE. O quarteto foi formado em 2018 e carrega uma sonoridade com influências do Stoner, Rock, Doom aliados a psicodelia dos anos 70 e 80. E estes rapazes acabaram de lançar o primeiro EP. “Preludes From New Times” possui 3 canções pesadas, eficazes e que irão agradar bastante aos roqueiros de forma geral, especialmente aos apreciadores do Stoner. Seguem as faixas: "Cthulhu is Coming”, a música de abertura, traz uma introdução aos moldes de MALMSTEEN, tem riffs bem pesados e andamento mais lento lembrando algo na linha do SABBATH antigo; “Maldição Atômica” é a única faixa em português e já começa com os riffs bem afiados; “Mantra” encerra o trabalho com chave de ouro, tem trechos um pouco melancólicos, ritmo variado e faz o ouvinte viajar, além de ser a composição mais longa e a única instrumental. A capa do EP tem uma arte interessante, mas talvez pouco atrativa com a proposta sonora do grupo. Não há…

Dia de Fúra - Que a Fúria Comece/Acelerado

Imagem
O DIA DE FÚRIA é, na realidade, um grupo que faz um Rock pesadão e recheado de elementos do Hard Rock e do Heavy Metal. Isso resulta em uma sonoridade forte, vigorosa, intensa e absolutamente agradável até mesmo para quem não é fã de composições pesadas. Aliado a isso tudo temos letras cheias de crítica, protestos e certa acidez. O grupo foi fundado em 2012 e no ano seguinte eles já gravaram “Louca por Mim”, o primeiro Single. Em 2015 sai “Que a Fúria Comece”, o primeiro EP. Um trabalho com 5 composições próprias mais um cover. Embora aqui todas as canções sejam potentes, os destaques vão para: “Blackout”; “These Words You Say”, uma balada maravilhosa e cheia de energia; “Meu Sangue Ferve por Você”, cover ousado da música do Sidney Magal. A banda interrompeu momentaneamente suas atividades e voltou em 2019 com “Acelerado”, um novo Single. Um som cheio de energia, com PESO absurdo e já mostrando ao público uma pegada ainda mais visceral. Encontramos riffs fortes, rápidos, letras excele…